Caixa lança crédito imobiliário com juro prefixado

Caixa lança crédito imobiliário com juro prefixado

A Caixa Econômica Federal vai liberar nova linha de crédito imobiliário com juros inferiores a 10% ao ano.

A Caixa Econômica Federal vai liberar nova linha de crédito imobiliário com juros inferiores a 10% ao ano.

A Caixa Econômica Federal vai liberar nova linha de crédito imobiliário com juros inferiores a 10% ao ano.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou que o banco vai lançar uma nova linha de crédito imobiliário com juros prefixados, ou seja, quem contratar o crédito, vai saber quanto vai pagar durante todo o período.

Atualmente, a Caixa oferece apenas linhas de crédito corrigidas pela Taxa Referencial (TR) ou IPCA. Guimarães espera que a nova linha de crédito incentive outros bancos a se tornarem mais competitivos e criarem novas opções de financiamento.

O banco já fez uma revolução no mercado de crédito imobiliário quando anunciou, em 2019, uma linha de crédito atrelado ao IPCA, obrigando todos os bancos a reduzirem drasticamente as suas taxas, já que o novo produto se tornou muito atrativo ao consumidor. Depois da Caixa, 16 bancos passaram a oferecer a nova modalidade de crédito, de acordo com o Banco Central.

“Isso é importante porque você poderá contratar crédito imobiliário de 30 a 35 anos e saber quanto pagará pelos próximos 30 ou 35 anos”, informou Guimarães, referindo-se à modalidade de crédito imobiliário cuja correção será feita por um percentual prefixado.

Leia também:

Caixa lança linha de crédito imobiliário atualizada pelo IPCA

Financiamento Imobiliário IPCA, como funciona

O que é IPCA?

De acordo com informações da Associação brasileira das entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), a Caixa concedeu R$ 26,6 bilhões em crédito em 2019, o dobro do valor liberado em 2018. O número de imóveis financiados também aumentou, passando de 55 mil para 100 mil.

Novo financiamento imobiliário prefixado da caixa inicia dia 21 de fevereiro

A nova linha de crédito imobiliário foi anunciada em cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, com a presença do presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Economia Paulo Guedes.

O novo crédito conta com taxas fixas de 8% a 9,75% ao ano e pode ser contratado para até 80% do valor do imóvel.

A taxa mínima de 8% vale para imóveis novos e usados, com financiamento de até 10 anos.

Para financiamentos com duração de 20 anos, a taxa mínima é de 8,5%.

Para financiamento em até 30 anos, a taxa mínima será de 9%.

Quem possui conta corrente com a Caixa, além de possuir outros produtos contratados com o banco, pode obter as taxas básicas mais baixas.

A taxa básica para quem não é correntista do banco, para um financiamento em até 30 anos é de 9,75%.

Vantagens do crédito imobiliário prefixado

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, citou algumas das vantagens da taxa fixa para financiamentos imobiliários, dentre elas:

  • Transferência do risco do cliente para o banco
  • Previsibilidade das prestações
  • Possibilidade de securitização, ou seja, de venda de carteira.

O valor da prestação muda conforme o sistema de amortização

A Caixa informa que o consumidor poderá escolher entre sistemas de amortização SAC, para contratos de até 360 meses, e Price, para financiamentos em até 240 meses. Ou seja, a taxa de juros é fixa, porém, os valores das prestações mudam de acordo com o sistema escolhido.

Financiamento Imobiliário Prefixado SAC: O valor da prestação será decrescente. O tempo máximo de financiamento é de 360 meses – 30 anos.

Financiamento Imobiliário Prefixado PRICE: A prestação terá um valor fixo. O tempo máximo de financiamento é de 240 meses – 20 anos.