Como se planejar para comprar um imóvel

Como se planejar para comprar um imóvel

A Corretora Margareth Marques preparou uma lista de 5 itens que você deve prestar atenção na hora de comprar o seu imóvel dos sonhos

A Corretora Margareth Marques preparou uma lista de 5 itens que você deve prestar atenção na hora de comprar o seu imóvel dos sonhos

Como se planejar para comprar um imóvel – A realização do sonho da casa própria é uma decisão que requer muito planejamento e preparação por envolver grandes valores emocionais e financeiros. É preciso pesar todos os prós e contras, friamente, para que esse
sonho não se torne um pesadelo.

A Corretora Margareth Marques preparou uma lista de 5 itens que você deve prestar atenção no momento em que decidir sair do aluguel e comprar o seu imóvel dos sonhos.

Veja também: Fale com a corretora Margareth Marques

1 – Estou preparado(a) para compra de um imóvel?

Se você pensa em comprar um imóvel e não poupou para essa aquisição, faça um levantamento de todas as entradas de dinheiro que você tem e de todos os gastos, de preferência use uma planilha para ter um melhor controle.

Depois desse levantamento você descobriu que pode pagar as parcelas, mas, não pode pagar a entrada, E AGORA? Não se desespere, você pode usar o FGTS para pagar a entrada ou parte da entrada. Se o seu FGTS não cobre
todo o valor da entrada, a sugestão é pensar em parcelar o restante da entrada, veja na planilha que você fez até quanto de sua renda você pode comprometer na parcela da entrada.

Agora que você sabe quanto você pode gastar na entrada e como poderá pagar, pense em uma reserva de dinheiro para pagamento das taxas de banco, taxas cartoriais e outras taxas que possam surgir ao longo do financiamento.

2 – Emprestei meu nome para outra pessoa fazer compras e agora?

Uma pergunta comum dos clientes é se precisam ter o nome limpo para financiar o imóvel. Sim, CLARO QUE SIM, banco não é instituição de caridade, ele vai fazer uma análise para conhecer o poder de compra do cliente e até quanto vai poder emprestar para esse cliente. Então, se está pensando em comprar sua casa, apartamento ou outro imóvel, não empreste seu nome para compras, empréstimos e não seja avalista nem de sua mãe, o banco não vai se comover com sua história, mesmo que não tenha sido você que sujou seu nome.

Se você estiver com restrição no nome, QUITE a dívida, pois se negociar as parcelas da negociação vão influenciar na hora da aprovação do financiamento e pode até condicionar a entrada.

3 – Eu tenho um financiamento de um carro em meu nome, posso financiar um imóvel?

Se estiver planejando comprar um imóvel financiado, evite fazer financiamentos de veículos, não compre móveis/eletrodomésticos, celulares, roupas/calçados parcelados no crediário e nem faça compras parceladas no cartão de crédito.

Parece exagero, mas qualquer compra parcelada pode comprometer sua margem de crédito e o banco vai financiar um valor menor para você aumentando sua entrada.

Então, comece a fazer uma planilha de todos os seus gastos para acompanhamento; corte os pequenos gastos do dia a dia e reduza as despesas com cafezinho, restaurantes, cinema etc; evite grandes despesas (você não precisa daquele celular de última geração); quite suas dívidas e não faça novas (esqueça compras parceladas); guarde 30% de sua renda mensal, esse será o valor comprometido por um financiamento.

4 – Eu sou casado(a) no civil, posso comprar o imóvel só no meu nome?

Não, se você for casado(a) no civil, além dos seus documentos, precisará dos documentos pessoais do(a) cônjuge. E se ambos trabalharem de Carteira Assinada não poderão comprar no nome de um dos cônjuges, terão que juntar as rendas. E não tem “jeitinho brasileiro”.

Aproveitando o gancho, outra dica que também está relacionada a estado civil e documentos pessoais é: mantenha sempre seus documentos pessoais atualizados. Veja se sua Carteira de Identidade tem até 10 anos de emissão,
se for solteiro, veja se sua Certidão de Nascimento está com você ou precisará requerer em Cartório de origem (não deixe para requerer na hora que decidir comprar, pois esses documentos demoram até 40 dias para serem entregues).

Se você for separado(a) e não divorciou, regularize sua situação. E se já divorciou e não atualizou seus documentos pessoais, é importante que faça o quanto antes para estar apto(a) para compra do seu imóvel.

Leia também: Dúvidas sobre o Minha Casa Minha Vida? Gerente Geral da Caixa responde

5 – Preciso comprovar renda para financiar um imóvel?

Para quem trabalha de Carteira Assinada são necessários 4 meses de registro para aprovação do financiamento. No caso dos autônomos é necessário Declaração de Imposto de Renda.

Se você trabalha de Carteira Assinada, procure acompanhar os depósitos de seu FGTS para que esteja em dia e você não tenha surpresa na hora da aprovação de seu imóvel, se deparando com um extrato desatualizado, pois o banco exige até o depósito do mês vigente da aprovação do financiamento.

Parece muita coisa né, mas, não é, porque se você parar para pensar, você já faz esse planejamento para outras compras, como uma geladeira, uma televisão e outros bens de menor valor. O que você tem que entender é que o valor é maior e precisa de um planejamento mais pensado dentro das suas condições e expectativas de vida, para que seu sonho da casa própria não vire um pesadelo, caso venha acontecer algum imprevisto e você acabar
acumulando parcelas, que poderão te levar a inadimplência e a perca do seu imóvel.

Quer mais dicas da Margareth Marques? Clique no link abaixo e converse diretamente com a corretora no whatsapp:
http://bit.ly/WhatsAppSimulacaoGratis
Margareth Marques – Corretora de Imóveis
CRECI: 19.452 9ª Região