Caixa anuncia redução nas taxas de juros de crédito imobiliário

Caixa anuncia redução nas taxas de juros de crédito imobiliário

Caixa anuncia redução nas taxas de juros de crédito imobiliário

Caixa anuncia redução nas taxas de juros de crédito imobiliário

A Caixa, que já havia anunciado queda dos juros no crédito imobiliário IPCA, agora baixa também as taxas do financiamento atrelado a TR.

Após a criação do financiamento atrelado ao IPCA, mais uma boa notícia para quem pretende adquirir o seu imóvel pela Caixa. O banco anunciou que vai reduzir a taxa de juros dos créditos imobiliários que utilizam a TR como referencial.

A novidade passa a valer a partir do dia 14 de outubro. A CAIXA anunciou, redução de até 1,0 p.p. das taxas de juros para os financiamentos imobiliários com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

A redução se aplica para créditos com saldo devedor atualizado pela Taxa Referencial (TR) no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). A taxa efetiva mínima para imóveis residenciais será de TR + 7,50% ao ano (a.a), com taxa máxima de TR + 9,50% a.a.

“Essa é uma redução consistente das taxas de juros. Primeiro nós fizemos uma redução com o lançamento da linha pelo IPCA e agora nós aplicamos no financiamento pela TR. Se o Banco Central continuar com a redução de taxas de juros, nós seguiremos revisando as nossas taxas”, afirmou o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, no anúncio à imprensa da nova redução.

As simulações podem ser feitas no site da CAIXA, onde o cliente consegue comparar os juros e as condições para obtenção do financiamento. O nível de relacionamento que o cliente tem ou terá com o banco impactará diretamente nas condições sob as quais ocorrerá a contratação.

Leia também: Financiamento Imobiliário IPCA, como funciona

Pedro Guimarães ressaltou a retomada do crescimento do crédito imobiliário provocada desde o lançamento da nova linha pelo IPCA. “Até agora já foram realizadas mais de 3,5 milhões de simulações no site, 38.665 clientes foram avaliados e quase R$ 2 bilhões em operações em andamento ou contratadas. Atingimos em 45 dias o que estávamos esperando para um ano”, disse o presidente. “Mas não é que o IPCA substituiu a TR, a TR continua muito forte. O que acontece é que há uma nova demanda clara de quem estava fora do sistema imobiliário, que agora tem mais condições de acessar o crédito.”

Medidas do crédito imobiliário em 2019

Desde agosto deste ano, além da correção dos financiamentos pela TR, a CAIXA também anunciou, de forma pioneira e revolucionando o mercado, a possibilidade de crédito para aquisição de imóveis residenciais com taxas corrigidas pelo IPCA.

Em junho, a CAIXA anunciou a redução de até 1,25 p.p. nas taxas de juros para operações pelo SBPE, além de alternativas para renegociação de contratos habitacionais para pessoa física. Até o momento, mais de 114 mil clientes já regularizaram suas dívidas, o que corresponde mais de R$ 10,1 bilhões renegociados.

Para os contratos de financiamento habitacional são oferecidas diferentes opções de negociação da dívida, com destaques para:

  • Pagar à vista um valor de entrada e incorporar as parcelas atrasadas nas próximas prestações a vencer até o fim do prazo contratual.
  • Utilização do saldo da conta vinculada do FGTS para reduzir o valor da prestação, conforme regras do Fundo.
  • Alteração da data de vencimento da prestação.
  • O cliente que não se enquadrar nos critérios anteriores pode procurar uma agência da CAIXA para verificar a possibilidade de um acordo.

As condições de renegociação oferecidas dependem da situação do contrato, tais como valor contratado, valor da garantia, cota de financiamento e quantidade de prestações já pagas.